quinta-feira, 2 de junho de 2016

Ana Margarida, a dançarina de afro-latinas que quer ser psicóloga

Começou a dançar ainda na barriga da sua mãe. Talvez, por isso, logo que nasceu foi inscrita num grupo folclórico, mas só aos seis anos é que começou a participar. A sua paixão pela dança tinha dado o seu início e, alguns anos depois, entrou na escola Fame
Atualmente, Ana Margarida encontra-se no grupo Tribo da Dança, onde impera os ritmos afro-latinos, sob a direção do professor Pedro Folques, com alunos dos 6 aos 80 anos de idade. Se agora brilha em algumas pistas de Coimbra, a jovem não pretende seguir esta arte cénica, pelo não reconhecimento do público. No futuro, quer ser psicóloga criminal.

Sem comentários:

Enviar um comentário