quarta-feira, 5 de abril de 2017

Exclusivo: Maria João Costa comenta liderança alternada entre «Ouro Verde» e «Amor Maior»

Estreada no passado dia 8 de janeiro, a telenovela «Ouro Verde» foi o programa mais visto da televisão portuguesa nos dois primeiros meses do ano. No entanto, em março, a liderança da primeira faixa do horário nobre foi muito disputada entre esta novela e a sua concorrente «Amor Maior», da SIC.
Em declarações ao blog SobreTudo, a autora Maria João Costa considera que «esta concorrência alternada é muita positiva, sinal de amadurecimento não só dos produtos de ficção que estão a ser feitos em Portugal, como também do próprio público, que se tornou mais exigente».
«A SIC tem um produto competente, o que para mim se torna um estímulo pois sei que a cada dia preciso fazer mais e melhor. O que também faz com que cada vitória alcançada seja sentida com mais prazer. Qual seria a graça de ter como concorrente uma novela moribunda que não oferecesse resistência?!?», acrescentou.
Em conclusão, a responsável pela trama protagonizada por Ana Sofia Martins, Diogo Morgado e Joana de Verona fala da recente estratégia adotada pela estação de Carnaxide: «Para mim, a nova temporada de Amor Maior não passou de uma pura ação de marketing, inventada à pressa para conquistar audiências. Até porque não aconteceu uma mudança de verdade na história. No fundo, a SIC, perante os recordes de audiência de Ouro Verde, limitou-se a imitar algo que vem sendo feito pela TVI com sucesso, que foi quem lançou em Portugal esta lógica das temporadas em novelas».

Sem comentários:

Enviar um comentário