segunda-feira, 16 de julho de 2018

Michael Jackson foi «castrado quimicamente» pelo pai

Conrad Murray, o médico de Michael Jackson condenado a quatro anos de prisão por homicídio negligente, fez uma revelação chocante ao jornal The Blast.
«A crueldade expressada por Michael sobre o que viveu nas mãos do pai, o mau tratamento de que foi alvo e o facto de ter sido castrado quimicamente para manter a sua voz aguda é algo indescritível», contou.
Para Conrad Murray, Joe Jackson, falecido no passado dia 27 de junho, foi «um dos piores pais da história».

Sem comentários:

Enviar um comentário