quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Chef Erick Jacquin responde à polémica com concorrente português do «MasterChef Brasil»

Na sequência da publicação da jornalista Rita Marrafa de Carvalho no Facebook, o chef de cozinha francês Erick Jacquin foi alvo de inúmeras críticas nas redes sociais devido à forma como tratou o concorrente português Nuno Codeço no programa «MasterChef Brasil», onde é jurado, ao lado de Henrique Fogaça e Paola Carosella: «Cinco anos no Brasil, e nem fala português ainda», disse.
Na tarde desta quarta-feira, dia 1 de fevereiro, o conhecido cozinheiro esclareceu o episódio no formato exibido na Rede Bandeirantes (em Portugal, na SIC Mulher): «No MasterChef foi uma piada. Eu quis me comparar. Faz 21 anos que estou no Brasil e não falo português ainda», disse.
«Amigo português. Amigo de Portugal. Eu gosto muito desse país. Esse país é maravilhoso. Gosto de vocês!», finalizou. Minutos depois, a jornalista da RTP reagiu ao vídeo: «Erick Jacquin reagiu à "nossa" indignação. A convicção plena de que contestar e questionar... serve de alguma coisa. Águas agitadas criam pontes. Fomentam diálogo. Abrem mentes. Impõem respeitos e laços. Mesmo assim, a piada não foi feliz. Agora, bom, bom... era a produtora deixar de legendar quem fala português. Mas isso... virá com o tempo. Espero», escreveu na mesma rede social.
Contactada pelo blog SobreTudo, «A SIC agradece todos os pontos de vista dos telespectadores e esclarece que o conteúdo é transmitido pelo nosso canal [SIC Mulher] conforme é produzido na origem, nomeadamente com os referidos blocos de legendas». Recorde-se que Nuno Codeço, em declarações ao nosso blog, considerou esta situação «engraçada» e que se «sucedeu apenas pela diferença de pronúncia».

2 comentários:

  1. Fantástico o Chef Jacquin uma pessoa com uma grande coração e um profissional fantástico que admiro muito.

    ResponderEliminar
  2. Não vejo maldade nenhuma. Bom trabalho pessoal aí no país irmão...

    ResponderEliminar