sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Exclusivo: Bruno Correia sente-se «esquecido» pela TVI

Em julho de 2014, Bruno Correia foi consagrado como vencedor da primeira edição do concurso «Rising Star: A Próxima Estrela», apresentado por Leonor Poeiras e Pedro Teixeira. Como prémio, o cantor ganhou um contrato de cinco anos com a Farol Música.
Quase três anos depois da vitória, o intérprete de «Tudo O Que Eu Quero És Tu» mostra-se desiludido: «A célebre frase que se ouve muitas vezes 'Os vencedores/concorrentes destes programas desaparecem todos', não é tão falsa assim, mas sim um facto. Acaba o programa, acaba tudo», começa por dizer ao blog SobreTudo.
«Eu venci um programa, segundo dizem, o mais caro da televisão em Portugal. O prémio como foi anunciado seria cinco anos de gestão integral de carreira, por parte da Farol Música com apoio da TVI. Quantas vezes fui à TVI a galas de Natal? Zero! Promover o CD e falar do mesmo? Três ou quatro vezes. Se não fizer eu por mim...», explica.
A preparar um dueto com a cantora Adelaide Ferreira, Bruno Correia revela que «O processo está nos meus advogados e chegaremos a bom porto. Assim espero» e frisa: «Apesar de uma série de coisas, nunca fui mal tratado. Apenas esquecido».

2 comentários:

  1. Não quer ser levado ao colo quer que cumpram o contrato que foi assinado.
    Ele não precisa de colo precisa de reconhecimento. Força Bruno tens muito talento.

    ResponderEliminar